Greg Raymer

6 Abr

É o dono de um dos acessórios mais reconhecidos do Poker Mundial, os óculos com lentes de réptil. Greg Raymer é um norte-americano, nascido no estado do Dakota do Norte em 1964 e que tem na paixão pelos fóssis algo que rivaliza com o seu gosto pelo poker.

Sendo uma das vozes mais respeitadas do poker mundial, Raymer surgiu como que do nada para vencer o Main Event das World Series of Poker de 2004, vitória conquistada perante um field de 2.575 jogadores, e que lhe rendeu um chorudo cheque de $5 Milhões de Dólares. Tudo isto para um investimento de apenas $160, já que ganhou a entrada (buy-in de $10,000) num torneio satélite.

Raymer começou a jogar poker a tostões na faculdade, tendo subido os diversos patamares até passar a marcar presença assídua nos torneios disputados nos Casinos do Connecticut, estado onde trabalhava como advogado de patentes. Em 1996 alcançou a sua primeira posição premiada num torneio ao vivo, algo que repetiria inúmeras vezes nesses locais, tendo também boas prestações nas mesas a dinheiro.

Apesar de ter conseguido o seu primeiro prémio num torneio das WSOP em 2001, foi apenas na já mencionada vitória de 2004 que Raymer, passou a figurar na galeria dos maiores nomes do Poker Mundial. O homem que joga com um fóssil como cardguard, é hoje em dia jogador profissional da Team PokerStars Pro.

Após a vitória de 2004, perante David Williams, Raymer terminou na edição de 2005 na 25ª posição. O mais próximo que um jogador esteve de repetir a vitória em anos consecutivos desde Johnny Chan.

Raymer alcançou já 13 ITM (in the Money) na sua carreira, demonstrando um grande saber, já que esses prémios foram conquistados em diversas modalidades de poker. Omaha, Seven Card Stud, Deuce to Seven Lowball ou No Limit Hold’em parecem não ter segredos, para este profissional que não deixa de brilhar no poker online, participando nalguns dos maiores torneios do Mundo.

Fossilman é um homem de causas e tem sido uma das vozes mais activas na legalização do jogo online nos Estados Unidos. Várias são as presenças de Raymer no Congresso Norte-Americano com o intuito de esclarecer os congressistas de que o poker é na verdade um jogo de perícia e não um jogo de sorte.

Pode não ter a presença marcante de Phil Ivey nas mesas, mas podem acreditar que Raymer granjeia no Mundo do Poker um respeito tão grande como os melhores jogadores.